12 de set de 2008

Tecelagem Manual na ABS.

A Associação do Bairro de Sambaqui (ABS), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação – CEDUP, está promovendo o curso profissionalizante de Tecelagem Manual, níveis básico e avançado. O curso básico teve início no dia oito de maio e deve finalizar até o final deste mês, onde a mesma turma segue para o nível avançado. Essa primeira turma conta com 13 alunas inscritas. As aulas acontecem todas as terças e quintas-feiras no anexo ao Casarão, na Rodovia Gilson da Costa Xavier nº 2990, na ponta do Sambaqui, das 14 às 17h.

A Tecelagem Manual possibilita a elaboração de tecidos destinados à confecção de produtos como bolsas, cortinas, toalhas, jogos americanos, vestuários, utilitários, tapeçarias de parede, tapetes etc.

Para tecer é necessário um equipamento chamado "tear". O que é mais utilizado pelos principiantes é conhecido pelo nome de "Tear Pente-Liço", que possibilita de uma forma simples e rápida, a execução de peças utilitárias e decorativas.

O professor Áquila Klippel enfatiza que a prática do tear traz vários benefícios, como o desenvolvimento da parte artística, a coordenação motora e a concentração. Além disso é uma forma de aumentar a renda familiar. Entre as alunas vários são os objetivos e benefícios que a prática do tear possibilita. Para a aluna Maria Emilia Arroio, por exemplo, “o objetivo de estar realizando o curso é pra fins de comercialização, para conhecer novas pessoas e é uma forma de terapia também”. Já para a aluna Inês Bernal, “o objetivo principal é fazer um trabalho manual alternativo que desenvolva a calma, a tranqüilidade e a concentração”.

Assista um pouco da aula no vídeo abaixo produzido por Angelita Brandão com a trilha sonora ‘Uma Valsa e Dois Amores’
de Vicente Celestino, interpretado por Dilermando Reis.

Fotos do evento poderão ser visualizadas aqui.



video

.

3 comentários:

Regina disse...

Parabéns Angelita! A matéria ficou muito boa. Estamos iniciando nova turma no dia 22 de setembro. Apareça.

Carlos Castilho disse...

Angelita,
Ficou muito bom mesmo o teu post. O que ficou faltando foi o endereço do Casarão.
O video ficou ótimo e o fundo musical idem. Aliás no caso da música não usa fonte e sim Trilha Sonora de..... Seria interessante tambem identificar quem fez o video, logo no começo. Mas continua assim, porque está ótimo.
Abração
Castilho

Angelita de L. G. Brandão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.