30 de jan de 2009

Bloco Águia Dourada

A bateria do Bloco Águia Dourada da Barra do Sambaqui, antigo Sombra e Água Fresca, realizou o seu ensaio no dia 17 de janeiro às 21h no Engenho do Xerife.

Além do ensaio comandado pelo Mestre Beto, houve a entrega das faixas para a Rainha do Bloco (Emanuela Gouveia da Gama), Madrinha da Bateria (Isadora Espezin Alves), Princesas (Ellen Leandro, Aline dos Santos Dias), e para a Cidadã-samba (Ana Paula).

Os ensaios acontecem às terças e quintas na Rua do DAE número 175 e nos sábados no Engenho do Xerife, na Barra do Sambaqui, das 20 às 22h.

Segundo um dos coordenadores do bloco, o samba-enredo é uma homenagem ao lançamento do “Águia Dourada”. A letra é de autoria de Sônia Mara, gravado pelo Grupo Katendê, de Florianópolis.

Além da bateria, o bloco pretende levar ao desfile no bairro, aproximadamente 10 Alas, entre índios, baianas e aves.


Veja as fotos e assista no vídeo alguns momentos do ensaio.



video

Tai Chi no Sambaqui


CONVITE PARA UMA AULA EXPERIMENTAL EM SAMBAQUI


Tai Chi Chuan e práticas para Longevidade


Prática que nos liga com a fonte Nutridora da vitalidade
Alinhando o Micro ao Macrocosmo

“A alegria de viver se faz presente Naquele que se percebe pulsando em harmonia com o Céu e a Terra”

Cláudia Moisés Gonzaga


Data: 09 de Fevereiro
Local: Em frente ao Casarão (c/chuva no anexo)
Horário:19 hs

29 de jan de 2009

Mostra Cultural e Esportiva

Em substituição à gincana da Ponta do Sambaqui (Gincaponta), vai acontecer a I Mostra Cultural e Esportiva, nos dias 7 e 8 de Fevereiro na Ponta do Sambaqui. O evento é uma promoção da Associação do Bairro de Sambaqui (ABS).

As inscrições estão abertas, participe!

Contatos:

Lindão: 91353055

Kidinho: 84146582

Mariáh: 96330123


PROGRAMAÇÃO:


SÁBADO – 07/02/09

Manhã
09:00 - Futebol Infantil (até 11 anos - trio)
10:00 - Futebol Feminino (dupla - livre)

Tarde
14:00 - Futevolei Masculino (dupla)
15:00 - Voleibol Feminino (trio)
16:00 - Voleibol Masculino (trio)
17:00 - Quete (acima de 50 anos)
Oficina de Bonecos - Projeto Pescadores de Cultura Baiacu de Alguém

Noite Cultural
20:30 - Apresentação do Pau-de-fita
21:00 - Apresentação do Boi-de-mamão
22:00 - Retrospectiva Gincaponta
- Village People (equipe Nativus)
- Terça Insana (equipe Baguaras)
- Peça do Gênio (equipe Sambaqui)
- Musical dos Beatles (equipe Amigos)
- Peça Inédita
- Tarefa surpresa
- Plágio musical em Homenagem a Ponta (equipe Vida/Sem Limites)
23:30 - Oficina de Violão - Projeto Pescadores de Cultura Baiacu de Alguém

Show com a Banda Mr. Joe


DOMINGO - 08/02/09

Manhã
10:00 - Remada com prancha de Surf (até 11 anos e adulto)
10:30 - Natação Masculino
10:30 - Corrida de 100 metros (até 11 anos e adulto)
11:00 - Triatlon (natação, corrida e caiaque)
11:00 - Natação Feminino

Tarde
13:30 - Caiaque (masculino e feminino)
14:00 - Corrida do saco (até 11 anos)
14:00 - Canoa à vela (máximo 3 pessoas)
14:30 - Ovo na colher (até 11 anos)
15:00 - Canoa sem remo (máximo 3 pessoas)
15:30 - Encher a garrafa (até 11 anos)
16:00 - Canoa à remo (dupla livre)
17:00 - Calha (dupla)
18:00 - Banda EXORE


Pré-carnaval
- Bloco Baiacu de Alguém
- Marcha Rancho
- Engenho de Dentro
- Unidos do Avante

.


22 de jan de 2009

AV. Pensilvânia: multidão ou minoria?

Sob sensação térmica abaixo de 10 graus negativos, mais de dois milhões de pessoas lotaram a Av. Pensilvânia em Washington para assistir a pose à presidência dos Estados Unidos por um negro.

A sociedade estadunidense foi formada por minorias através de conflituosas convivências entre guetos étnicos: afros, irlandeses, semitas judeus e árabes, italianos, asiáticos; entre outras descendências e indígenas, todos marginalizados.

Ainda mais reduzida, uma minoria capitalista dominou e se impôs aliando-se em interesses que, através da farsa de uma pretensa democracia e liberdade, periodicamente se alternou no poder.

Apesar dessa realidade, foi uma multidão multirracial que saudou esperançosa a pose de Obama. Esperança em quê?

A multidão da mais rica nação do planeta não haverá de ser formada por grande diversidade de segmentos sócio/econômicos, ainda que a crescente pobreza dos Estados Unidos tenha se acelerado nos últimos anos. Razão para se imaginar que a motivação maior da multidão para suportar o frio da esplanada Av. Pensilvânia, seria as esperanças na recuperação econômica do país. Ainda assim, não há ceticismo que negue a evidência de que por algo mais tantos jovens para ali acorreram, imbuídos das mesmas esperanças que motivaram seus pais e avós.

Haveria um reconhecimento de erros ancestrais? A conclusão da estupidez da intolerância racial? A vergonha pela truculência bélica? A covardia do abuso e da pretensão? A irresponsabilidade do consumismo? As prepotências que se diluem à beira do abismo social e econômico? O caos ambiental?

E que esperanças transportaram os olhos de uma inusitada multidão, pelos televisores de todo o mundo, à Avenida Pensilvânia? Apenas o glamour? A curiosidade do componente racial? A simpatia do casal? O colonialismo? A elegância da dama negra?

Ou mais que isso, o anseio pelo fim dos massacres no Oriente Médio? Um desejo de interrupção da tragédia humana da África? Das injustiças sociais na América Latina?

Possível deduzir nessa comoção internacional, algo além dos temores financeiros da Ásia e da Europa? Talvez algum grau de percepção de que o modelo político-econômico mundial, o sistema de relações entre as nações, as estruturas sociais, as formas e propostas de condução das sociedades, nos acelera a uma crise ainda mais aguda do que a que tanto preocupa os financistas, capitalistas e especuladores? Talvez, a esperança de que ao Obama se dignifique com o respeito negado à ONU?

A verdadeira democracia não cabe em nenhum invólucro eleitoral ou eleitoreiro, cabe apenas na multidão. E se a multidão decidir que Obama deve ser seu presidente, só não o será se ele próprio não passar de mais um títere, marionete.

Nesse caso, ou se os grandes conglomerados capitalistas não permitirem que presida os Estados Unidos pela multidão de seu próprio país e do mundo, a decepção e frustração daqueles que acompanharam sua caminhada ao lado da bela mulher pela Av. Pensilvânia, transformará essa multidão num monstro.

Então, sim, conheceremos uma verdadeira crise humanitária internacional. Talvez a última, pois provavelmente não restarão esperanças para novos desfiles na Av. Pensilvânia.


por Raul Longo
pousopoesia@ig.com.br
pousopoesia@gmail.com

16 de jan de 2009

PALESTRA: "Cores - A Ciência por trás da Arte

Leandro Lopes, Biólogo e Ilustrador Científico, estará ministrando a palestra "Cores - A Ciência por trás da Arte". A palestra trata de muitos aspectos relacionados com as cores, desde a fisiologia dos olhos e a física das cores, até o uso delas nas artes visuais.

Quando?
dia 22/01

Horário?
19h15

Onde?
no CIC, sala 01 das Oficinas de Arte. (Centro Integrado de Cultura) fica na Av. Irineu Bornhausen, 1560 - Agronômica, Florianópolis).

ATENÇÃO: Confirmar presença através do e-mail ilustracaocientifica@yahoo.com.br pois o espaço é limitado.



Não vai mais acontecer a Gincaponta

Por falta de equipes interessadas, não vai mais rolar a Gincaponta que estava prevista para acontecer dias nos dias 6,7 e 8 de Fevereiro. É uma pena!

6 de jan de 2009

Vem aí a XVII GINCAPONTA











A
GINCAPONTA (Gincana da Ponta do Sambaqui) que acontece no bairro desde o ano de 1992 é uma realização da Associação do Bairro de Sambaqui. Neste ano a gincana acontece nos dias 06, 07 e 08 de Fevereiro abordando o tema “Ciência e Arte na Ponta do Sambaqui”.


As inscrições acontecem no dia 08 de Janeiro, quinta-feira, às 20h no casarão da ABS, na Rodovia Rafael da Rocha Pires nº 2920, Ponta do Sambaqui. O Número de componentes por equipe é de 15 a 20.


O Objetivo principal da GINCAPONTA é estimular o potencial criativo da juventude, resgatar a cultura popular e
desenvolver atividades esportivas.


Vamos lá! Forme a sua equipe ou incentive a formação de uma.