17 de set de 2010

Asas à imaginação: laser a favor da criatividade

Corte preciso transforma em realidade projetos de arquitetura e decoração com riqueza de detalhes 

Arquitetos, artistas plásticos e designers se esmeram na hora de desenvolver novos projetos, sempre buscando surpreender o público com trabalhos originais, sofisticados e com acabamento primoroso. Os detalhes desenhados no croqui, se bem executados na etapa de produção, podem fazer toda a diferença e transformar um simples objeto decorativo em uma charmosa obra de arte.

Com a evolução das técnicas de corte a laser, a indústria de arquitetura, arte e decoração passou a ter um novo aliado na criação de peças mais complexas, que demandam maior precisão na hora de delinear detalhes e acabamentos. Projetos antes inviáveis por meio de outras formas de produção, agora encontram no laser a oportunidade de serem fabricados com qualidade e rapidez.

O uso do laser como ferramenta de corte é extremamente versátil, podendo ser utilizado em matérias-primas variadas. Peças inteiras de madeira, MDF, acrílico, PS (plástico poliestireno), couro, tecidos e até mesmo papel são esculpidas com a mesma perfeição, e dão vida a réplicas perfeitas dos objetos que só existiam no imaginário de seus criadores.

Murilo Alexandre Fendrich, engenheiro de materiais e um dos sócios da Artelaser, localizada em São José, afirma que a demanda do mercado não se restringe apenas a produção de peças usadas na ambientação de interiores. “Além de produzirmos objetos de decoração, painéis e peças menores, como brindes e miniaturas, trabalhamos também com planos de maquetes por meio do corte e gravação de peças inteiras de até 1,2 x 2 metros. O resultado são maquetes que reproduzem fielmente seus projetos de origem, com estética impecável e que, inevitavelmente, agregam valor ao empreendimento representado pelo impacto causado nos futuros compradores”.

Antes do aperfeiçoamento das técnicas de corte a laser, os modelos em miniatura, por exemplo, eram produzidos por máquinas com tecnologia defasada ou manualmente por artesãos, o que os tornavam onerosos e encareciam seu preço de venda ao consumidor final. Hoje, o artista cria o desenho e, com o auxílio de um software, realiza os últimos retoques e o envia para produção. Estes objetos tão delicados se transformam em realidade diante das máquinas e podem ser produzidos em série, sem riscos de surpresas desagradáveis no momento da entrega.

Luminárias adquirem personalidade com desenhos vazados, placas de MDF se transformam em miniaturas fiéis de árvores e flores, porta guardanapos levam irreverência a mesa ao ganharem o contorno de graciosos bichos de estimação. Não importa o material usado. Qualquer criação, com a forcinha do laser, pode ganhar um espaço especial na decoração de casa.
 
 
Grayce Rodrigues
Apoio Comunicação + Marketing
grayce@apoiocomunicacao.com.br
Fone: (48) 3223.4647 / 9162.1206
 
 

Nenhum comentário: